quarta-feira, 12 de setembro de 2018

ALIEN VS. PREDATOR (2004)


Em Predador 2, o herói, Danny Glover, acabava o filme numa nave espacial dos Predadores. Numa das salas da nave, estavam expostos troféus de caça, que se bem se recordam, tratam-se de caveiras. Os nerds, na altura, foram à loucura, tiveram orgasmos como se tivessem passado a noite com a Sara Sampaio, por uma razão muito simples. Um desses troféus era "apenas" uma caveira de um Alien (da saga Alien), como se ambos os personagens fizessem parte do mesmo universo. Foi preciso esperar década e meia para que magia acontecesse: juntar os dois no mesmo filme. Melhor, fazer com que eles se enfrentassem. Isso aconteceu, logo pela mão de do mago do cinema Paul WS Anderson (não confundir com o também realizador Paul Thomas Anderson), responsável pelos clássicos Event Horizon ou Mortal Kombat.

Mas será que valeu a pena esperar? Confesso que não tenho uma resposta para isso... 

O filme começa com uma breve introdução dos personagens, ou seja, um catálogo de carne para canhão. E aqui percebemos quem vai ser a espécie de herói (neste caso, heroína). A premissa assemelha-se um pouco a Jurassic Park: um ricalhaço convence uma série de pessoas, cada uma com uma especialidade diferente, a partir numa expedição. Vão parar a uma pirâmide debaixo do gelo, creio que na Antártica. Entretanto, uma rainha (do team-Alien) mete uns ovos, os predadores (team-Predator) chegam, e começa a matança, ou caça. Aquilo que deveria ser um "jogo" entre aliens e predadores, calhou ter uns humanos lá no meio. Mas não são uns humanos quaisquer. Há lá um italiano que é perito em linguagem criptográfica. E traduz aquilo tudo em minutos. Fica logo a saber a história toda dos aliens e predadores. Coisa que um estudioso normal demoraria meses ou anos a decifrar/ traduzir.
Bem, depois de os humanos terem sido todos chacinados, ou pelos aliens ou pelos predadores, a gaja final (a heroína) alia-se a um Predador contra os Aliens. Afinal, parece que o Predador faz parte dos bons da fita. Confesso que até curti essa parte. 


Mas o que acho do filme? Apesar de não ser propriamente assustador, eu admito que me divirto cada vez que vejo o filme. Não é propriamente a maior vergonha para cada um dos franchise incluídos neste filme. Prometeram-nos um confronto entre Alien e Predator, e é isso que temos. Os "bonecos" estão bestiais. Claro que nos estamos a cagar para os personagens humanos. Aliás, se ficamos chateados com alguma morte, isso acontece apenas com a morte do Predador no final. Os humanos só lá estão para ir à vida (ou morte, neste caso). É pena... No primeiro Predador, nós gostávamos de todos os personagens. Eram todos carismáticos. Aqui isso não acontece. Mas sejamos sinceros: nós só vimos este filme para ver uma luta entre Predador e Alien... E deram-nos isso, e até foi porreiro. Tudo o resto é descartável. Vá lá... Não sejam preconceituosos. 

1 comentário:

  1. Oi, concordo plenamente, só vi o filme para ver o confronto entre eles e ver como iam desenrolar a história destes dois se conhecerem, que foi uma beca fraca para os fans do Alien (sou team predador, por isso curti bué kkkkk).
    Gostei bastante da critica continua o bom trabalho

    ResponderEliminar